Latest Post

Hurt me like you mean it

Diz-se dos loucos que vivem num mundo só deles, que se alheiam da realidade, que se perdem na imaginação, que constroem cenários onde se movem sem correspondência com o lugar onde vivem. Diz-se dos loucos que são sonhadores. Se é loucura sonhar, se é loucura imaginar, estaria condenada ao colete de forças, ao freio da mente. Não lhe importava. Movia-se na edificação de imagens relativizadas que almejava subjectivar. Sentia a compulsão de querer mais assim. Impulsionava-a o desejo de sentir na pele o roçar de dois corpos, três se contasse com ela própria. Queria vê-la em êxtase entregue ao prazer de ser tocada por mãos rudes e delicadas em simultâneo. De ser beijada com a raiva dos amantes, com a paixão dos sedentos, com o desejo dos corpos inebriados de prazer. Imaginava-se vezes sem conta a dedicar-se em pleno, altruísta mas egoísta, dando na expectativa de receber. Sentia na ponta da língua, quase real, o sabor dela, o sabor dele, os sabores deles misturados. Bebia-os com a vontade sôfrega de quem se entrega, movia-se ao ritmo e ao som dos gemeres que lhe ecoavam das gargantas, inebriava-se dos aromas simbióticos que emanavam das peles tocadas em impressões digitais vincadas, em gestos de luxúria, em orgasmos multiplicados, revezados, líquidos e categóricos. Sugeriram lobotomia, acordaram em drogas, administraram placebo. Pensaram que assim lhe acalmariam as entranhas, a devolveriam à razão, lhe findariam as compulsões. Ela sorria. Não haveria quem lhe roubasse o fogo, estava entranhado, agarrado como alcatrão.

Peitinho show


Ver Fotos

Mac lanche feliz


Ver Fotos

(Ela) dá-vos música!

State of the Mind (53)

Acho que já não me lembro de te amar. Já não me lembro do cheiro intoxicante do teu corpo, do toque firme das tuas mãos. Já não me lembro da sensação indescritível de ti em mim, já não me lembro a que sabe o teu  sabor. Já não me lembro do timbre inconfundível da tua voz, do brilho ofuscante do teu sorriso. Já não me lembro da tristeza do teu olhar, já não me lembro do calor da tua boca. Já não me lembro a que sabem os teus beijos intemporais, o conforto terno do teu abraço. Recordo os trechos de memórias que construímos juntos. "Não os deixes escapar, são o que fazem de ti quem és" dita-me a voz autoritária que oiço na minha cabeça. A verdade é que não consigo e por mais que pense que já não me lembro, a tua presença é estranhamente presente em mim. Ao pensar que não me lembro, lembro. Ao procurar para me lembrar, vejo que não me esqueci. Penso que há sempre qualquer coisa que morre em nós quando o esquecimento se torna demência e o suco da indiferença nos jorra dos olhos em lágrimas cruéis. Mas tu manténs-te aqui, do lado esquerdo do meu peito, torto e torpe. E sinto o teu cheiro que não se desvaneceu, consubstancio o teu toque que não me abandonou, reproduzo-te em mim, egoísta, oiço-te aqui trocista, sorrio-te de volta, envergonhada, olho-te fundo, desesperada, beijo-te sem tempo, desfalecida, abraço-te, desamparada.

Loira boazuda


Ver Fotos
(Ela) hoje está aqui!

O nosso afamado fashion adviser, word magician e sex delicatessen "Skin", envolveu a blogosfera em mais um original e ousado desafio:  transpor para o virtual um pouco do nosso real, mostrar um pouco de nós, ilustres anónimos da internet, dos blogs. Mostrar aquilo que consideramos ser "Our best detail" em simples arranjos fotográficos. Ora, (Ela), vaidosa como sempre não podia deixar-se ficar quietinha e foi lá dar um ar da sua graça.
Obrigada Skin por mais uma oportunidade de fazer parte da história de um local que prezo muito e que é visita mais que obrigatória!

Long sexy legs


Kethellem Mello


Ver Fotos

Oh Sweet Idleness

A premência da urgência sobrepõe-se amiúde às regras e ao convencional. É assim com os amantes, com os apaixonados, com os loucos desta vida. Quando se vêm, quando os seus olhares se cruzam, o instinto toma conta de cada molécula do seu corpo. Hipnotizados, atraídos pela beleza do desejo, depressa se deixam conspurcar pela perversão da razão em prol da paixão. Deixam de ponderar, de reflectir, de adiar. Adiar significa sofrer, sofrer do mal de não ceder, de não se deixar tentar. E a tentação é sempre o melhor afrodisíaco. Foi assim com eles. Reencontraram-se, apesar de sempre se terem conhecido e de saberem os corpos um do outro de cor, de reconhecerem cada aroma, cada gesto, cada reflexo, cada expressão, cada feição, cada olhar. Reencontraram-se e num ímpeto, like a moth to a flame, envolveram-se num abraço e um beijo capazes de fazer corar o mais incauto dos observadores num prelúdio da loucura flutuante e despojada de tempo e lugar que se aproximava.

(Ela) could have said it #14

Porque há vontades que acordam connosco logo pela manhã e nos toldam o espírito de tal forma que a desconcentração é incontornável. Porque se sente, um palpitar involuntário e se sorri, incrédula, como é possível o nosso corpo manifestar-se assim face ao desejo. Porque se imagina um cenário em que a vontade é satisfeita e em vez de acalmar, se sente um verdadeiro desassossego. Porque hoje estou assim, com o fogo dentro!

friday..i'm in love





































Putinha de franjinha


Ver Fotos

Esposa deliciosa, nuazinha, exibindo essas delícias de seios na praia!!




Fotos maravilhosas, esposa espetacular!! Amigo... que praia é essa? Fiquei com vontade de aparecer por lá, só pra poder ver se tenho a sorte de coincidir no dia da exibição dessa sua gata.

Aos amigos visitantes e colaboradores, peço desculpas por andar meio ausente aqui no site. Tive uns problemas aqui que já foram sanados e voltarei a postar com a mesma presteza de sempre, e pretendo em breve já colocar em dia as postagens atrasadas. Tem bastante emails com fotos para serem postados, sei disso. Me desculpem pelo atraso mas tentem ver pelo lado positivo: Agora teremos verdadeiras sequências maravilhosas de fotos para serem apreciadas aqui, diariamente. Fiquem atentos, fiquem de olho!!!
albumdeseios@yahoo.com.br

Morena muito tesuda


Ver Fotos

sexo tántrico



Secretos del sexo tántrico

Una introducción al sexo tántrico, planteando las diferencias con la sexualidad occidental, y algunas técnicas básicas para demorar la eyaculación e intensificar el placer sexual.

Tantra procede de dos antiguas palabras del sánscrito cuyo significado es expansión y liberación. Es una forma de enseñanza budista e hindú que considera el sexo como una forma de expansión y exploración de la espiritualidad. En el tantra se utilizan todos y cada uno de los cinco sentidos hasta el límite, siendo bueno todo aquello que te produzca placer a ti y a tu pareja.

El sexo tántrico

La idea es que implicando todo vuestro ser en una unión sexual sin culpas, el placer se transforma en dicha e inyecta energía a toda vuestra vida, comportando resplandor y curación. La energía sexual, como puede confirmar mucha gente, posee el poder de transformar tu vida, hacerte feliz y aportarte seguridad y autoestima.

‘El tantra es la filosofía de la plenitud y la unidad en la que se aconseja al hombre explorar su lado femenino y a la mujer sus cualidades masculinas’ explica Linda Sonntag en su libro ‘Sexo sensacional’. Allí se recomienda a los dos componentes de la pareja mantenerse físicamente en forma y sanos, y meditar juntos.

En la cultura occidental orientada hacia los logros, el orgasmo está considerado como el objetivo del sexo, especialmente en el caso de los hombres. En el tantra, la satisfacción femenina y el orgasmo son muy importantes, pero el orgasmo masculino debe demorarse para prolongar la dicha.

‘El viaje es todo y, una vez alcanzada la meta, el viaje ha finalizado’, explica Linda Sonntag. El hombre queda agotado tras la eyaculación, por lo que los practicantes del tantra aprenden a llegar al orgasmo sin eyacular. Los hombres que practican el sexo tántrico pueden tener múltiples orgasmos, al igual que orgasmos en todo el cuerpo, como las mujeres.

Algunas técnicas tántricas:

Existen diversas formas para conseguir que la erección remita y demorar la eyaculación.

- Quédate totalmente quieto, relaja los músculos genitales y anales, y empuja la lengua contra el paladar, justo detrás de los dientes.

- Permanece quieto y respira profundamente y con regularidad.

- Retira un poco el pene hasta que pase la urgencia, y a continuación alterna nueve empujones débiles con uno más profundo.

- Presiona el perineo con el índice y el pulgar, entre el ano y el escroto. Puedes hacerlo tú mismo o tu compañera.

- Utiliza la técnica de la presión, creada por los sexólogos Masters y Johnson. Coloca el pulgar en el frenillo, en la parte inferior del pene, con los dedos índice y medio en las ondulaciones del glande en la parte superior del pene, y aprieta durante 10 o 15 segundos. En este caso, también puedes hacerlo tú mismo o tu compañera.

Los tantristas consideran que la eyaculación es un derroche de energía, por eso creen que con una vez por mes es suficiente. Igual, lo que a ti te interesa es puro placer, no volverte tantrista pura, ¿no?

Saludos para todos que tengan un exelente inicio de semana les mando las mejores de las vibras y gracias por seguir mi blog.

Sexo tántrico muy buen tema agradeciendo al buen PACO MEMO por proponerlo y que bueno esta tu blog siempre que puedo lo checo besitos.

Big luscious tits are the center of attraction










(E)m estado líquido #32

São dois corpos embrenhados em si. Intercalam-se, entrelaçam-se, abraçam-se, mal se distinguem no emaranhado de sensações em que se movem. Afugentam o mundo que os rodeia, não o precisam, não o querem ali naquele momento. Frágeis, complementam-se um no outro, buscam o que lhes falta. Entregam-se tanto, dão-se tanto, querem-se tanto. Gostariam de ser assim sem fim. Mas o fim chega sempre e é o anunciado. Ela sabe, sente-o na força com que ele a beija, na intensidade com que, investida após investida, o sente entrar e sair de si, no súbito desespero que lhe vê plasmado no rosto. Ele sabe, sente-o na força com que ela lhe crava as mãos nas costas, na intensidade com que, investida após investida, a sente gemer e ofegar, na constrição dos seus músculos que o aconchegam mais dentro de si, no sorrir malandro que lhe vê plasmado no rosto. O fim é o anunciado mas ambos o querem como querem recomeçar e voltar a dar tudo. E ele dá-lhe tudo o que tem, deposita nela o sabor do seu prazer, envolto no prazer escorregadio que também ela sentiu. Secam-se. Secam-se apenas para mais tarde se voltarem a querer e se acharem de novo um no outro querendo o fim sem descurar o meio e antecipando um recomeçar.



Novinha Caiu na net fazendo strip






















State of the Mind (58)

Existem sensações irrecusáveis, momentos inigualáveis, sabores inesquecíveis, prazeres incomensuráveis. Existem plenitudes, brechas no tempo em que tudo o que faz falta se encontra ali mesmo, sem precisar procurar muito, apenas sentir na ponta dos dedos a pele que nos completa, que nos leva ao extremo da ternura e ao extremo da loucura. Existem pedaços de sentimentos que se encontram em gestos simples, como o sorrir de olhos nos olhos, como o suspirar de preguiça, como o repousar do corpo depois de se ter perdido no outro. Existem insanos minutos, palavras ditas no auge do prazer que potenciam o próprio prazer. E vivemos do todo. Vivemos de cada um daqueles momentos, de cada uma daquelas palavras, de cada um daqueles prazeres e partilhas, de cada uma daquelas sensações. Alimentamo-nos do sexo e da ternura, do desejo e do carinho, da paixão incandescente e do humedecer dos corpos, do toque frenético e do mimo apaziguador. Alimentamo-nos para viver e nos sentirmos vivos, tão vivos.




























 
Support : Creating Website | Stella | Stella
Copyright © 2011. Fotos Amadoras E Vídeos Caseiros - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Stella
Proudly powered by Blogger